Reveillon na Praia do Futuro, Fortaleza

Esse ano, passarei o Ano Novo em Fortaleza.

Os festejos de Fortaleza crescem ano a ano, juntamente com a cidade; hoje, apenas umas quatro ou cinco cidades do Brasil podem dizer que ganham de Fortaleza nesse quesito.

A maioria dos turistas e moradores preferem ir às festas da Praia de Iracema; estima-se que mais de 1.200.000 pessoas irão a Iracema; os hoteis já anunciam que estão lotados (reserve hotel no Rio de Janeiro).
O Governo montou um grande palco na areia, onde diversos grupos e cantores se apresentarão; a maior atração é o Caetano Veloso.

Entretanto, eu preferi ir à Praia do Futuro.
Vejo algumas diferenças entre a Praia do Futuro e a de Iracema.
Primeiro, há menos pessoas: estimam-se 200.000 (o que mesmo assim é uma multidão); na Praia do Futuro, as águas são próprias para banho, o que permite os tradicionais pulinhos sobre as ondas (em Iracema, isso não é possível); e há sempre a diferença das barracas, que promovem festejos e queima de fotos independentes.

Vejam trecho de um jornal de Fortaleza:

“A barraca Crocobeach está vendendo seu quarto lote de ingressos, já que os três anteriores se esgotaram. Com atrações como banda Dona Zefa, Mister Babão, Banda São Ninguém e Batucada Elétrica, além dos Djs Caio e Flavinho, a casa terá programação das 22h até as cinco da manhã.

A gerente de marketing da Crocobeach, Amanda Figueiredo da Silva, diz que a barraca preparou também sete minutos de fogos de artifício, para a hora da virada, além de 11 banheiros químicos adicionais. “A expectativa é que cheguemos à lotação da casa, que é de 3.500 pessoas, como aconteceu no ano passado”, afirma.

Já entre as atrações da barraca Cocobeach, estão as bandas Nanaxé, Sabor Latino e Grupo Freesson, cuja programação não tem hora pra terminar. “Só vai acabar depois que o último cliente for embora”, informa o gerente da Cocobeach, Edvalson Carvalho Junior. Segundo ele, a empresa precisou contratar pessoal extra para montar duas equipes, que alternarão os turnos.

Outras barracas como a Marulho e a Atlantidz não irão abrir na noite do Revéillon. “Nós preferimos abrir na manhã seguinte e aproveitar o público que festejou a noite inteira. Eles sempre querem tomar um caldinho de peixe para renovar as energias” explica Fátima Queiroz, proprietária da Marulho.

Como elas outras barracas optam por abrir no dia seguinte a virada do ano, visando atender os milhares de turistas e fortalezenses que vão à praia para tirar a ressaca, ou mesmo para iniciar o ano com um banho de mar para receber boas energias.”

About these ads
Esse post foi publicado em eventos, fortaleza e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s